Saiba como escolher o perfume ideal para cada tipo de pele

Já percebeu que o aroma de cada perfumemuda de acordo com o tipo de pele da pessoa? Tudo depende de uma questão de hormônios, oleosidade, hidratação e, até, cor da pele.

Por isso é importante conhecer o seu tipo de pele e observar bastante as características na hora de comprar o ‘perfume ideal’. Ah, lembrando que TUDO é uma questão de GOSTO.

Saiba como escolher o perfume ideal para cada tipo de pele:

1. Pele Oleosa

A oleosidade funciona como um fixador e amplificador de fragrâncias. Assim, os aromas muito intensos não são muito indicados. Se esse é o seu tipo de pele, prefira bases cítricas ou florais frescas, que dão a sensação de frescor ao longo do dia.

Além disso, de maneira geral, elas não causam qualquer tipo de desconforto social, por serem bem suaves.

Preferir uma colônia ao invés de um eau de parfum é uma boa estratégia. Por ser mais suave, ao entrar em contato com a pele deixa o aroma mais leve. Quanto mais o tempo passa, mais os aromas tendem a se tornarem intensos.

2. Pele Seca

Como já é de se imaginar, a pele seca retém menos a fragrância, dando a impressão de que o perfume não está fixa no corpo.

A superfície áspera e seca não consegue conter as notas que compõem a fragrância, por isso os perfumes mais ‘fortes’ são os mais indicados.

Os perfumes com bases orientais são os mais recomendados.

3. Pele Normal

No que se trata de fixação, a pele normal é a ideal para qualquer tipo de perfume. As fragrâncias agem de acordo com o esperado.

Ou seja, um aroma intenso continuará assim por um bom tempo e o mesmo acontece com os mais suaves. Aqui só depende do gosto mesmo!

Geralmente, as mulheres preferem aromas florais, mas não existe qualquer restrição de fragrâncias para esse tipo de pele.

4. Peles Claras

Como dissemos acima, o tom da pele também influencia nas fragrâncias.

Quem tem pele clara possui um menor poder de retenção de aromas, o ideal são perfumes com maior durabilidade.

Dê preferência aos bons eau de parfum, os originais (claro!). São a melhor alternativa, porque os outros tipos de essências são muito leves e fixam menos na pele.

5. Peles Morenas e Negras

As peles mais escuras têm maior capacidade de retenção de fragrâncias, por isso são indicados os aromas com bases florais e cítricas, que se mantêm constantes e agradáveis com o passar do tempo.

Tanto eau de parfum quanto outros tipos de fragrâncias funcionam bem com esse tipo de pele.

Então, já sabe qual será o seu próximo perfume? Comenta aí com a gente!

E, falando perfumaria, você pode gostar de conferir ainda: Como descobrir se você comprou um perfume falso ou verdadeiro.

Por que passar ovo no cabelo pode ser uma boa ideia

O ovo está sempre presente na nossa mesa. As vezes ele está mexido, frito ou compondo um delicioso omelete.

Em outros momentos ele está integrando algum prato de maior magnitude astronômica, como uma torta, um bolo quase todo e qualquer quitute irresistível que você conheça. Mesmo variando na pesquisa se faz bem ou não para o coração, é fato que o ovo é um alimento cheio de nutrientes.

O que poucas pessoas sabem, é que toda essa riqueza em vitaminas e nutrientes do ovo, não é saudável apenas para o organismo. Passar ovo no cabelo, embora soe estranho, pode trazer inúmeras vantagens para os fios, como você confere abaixo.

Benefícios do ovo no cabelo

Por que passar ovo no cabelo pode ser uma boa idéia

Eu sei, inicialmente parece estranho essa ideia de passar ovo no cabelo. O ovo possui vitaminas A, D, E, K e vitaminas do Complexo B assim como minerais dentre os quais se destacam manganês, potássio, ferro, fósforo e sódio. Esse conjunto de preciosidades é quase uma mina de ouro para manter o cabelo em um estado perfeito de conservação.

Os benefícios são claros. Em primeiro lugar, o ovo fortalece a raiz do cabelo. Em segundo, o ovo possui uma quantidade tão grande de vitaminas e proteínas que deixa os fios muito mais brilhantes e hidratados.

Em terceiro, e último lugar, os ácidos graxos podem deixar as madeixas ficarem mais brilhantes. Além disso, a clara do ovo vai ajudar na limpeza dos fios e no crescimento do cabelo.


Mechas no cabelo, saiba qual tipo de mechas combina com você

×


Como usar ovo no cabelo

Por que passar ovo no cabelo pode ser uma boa idéia

Basicamente, tudo o que vai precisar é de uma clara de ovo. Basta que você use a clara no seu cabelo.

Funciona assim: você deve aplicar a clara de ovo diretamente no couro cabeludo. Você pode peneirar a clara antes, para deixar menos espesso.

Após isso, deixe agir na sua cabeça por 10 minutos. Ao fim do tempo, lave a cabeça e após use shampoo e condicionador normalmente.

Existem outras várias formas de se usar ovo no cabelo combinado com outros ingredientes. Desde óleo de coco com ovo, até ovo com suco de maçã ou com mel. Você pode ver todas as outras receitas aqui.

Você gostou dessa matéria? Então existem grandes chances de você gostar dessa aqui também: 8 dicas para aprender a escovar os cabelos em casa

Mechas no cabelo, saiba qual tipo de mechas combina com você

Certamente você pensa com frequência em mudar o cabelo. Essa é uma condição que se aplica a maioria das mulheres, devido ao desejo constante de mudança no visual. Da mesma forma que pode ser para marcar uma mudança pessoal na sua vida, também pode ser pelo simples gosto de se sentir diferente de tempos em tempos. Entre uma das opções mais amadas na hora de mudar o penteado, estão as mechas.

Uma das melhores coisas desse tipo de transformação é que ela permite uma grande variedade de opções. Enquanto dá para optar por mechas bem discretas, também existe a opção de radicalizar e fazer uma coloração que mude completamente o seu visual.

Além disso, você pode variar nas técnicas de coloração. As mais comuns são as luzes, a balaiagem, o ombré hair e as californianas. Pensa que acabou? Existem inúmeras opções e você com certeza vai encontrar a sua.

Está interessada em fazer mechas? Listamos várias imagens de mechas que podem realmente te motivar a fazer uma.

Confira 10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você

10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você
10 tipos de mechas para você escolher qual combina mais com você

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Por que passar ovo no cabelo pode ser uma boa ideia

Como acabar com a celulite em 5 passos + dica bônus

Sabia que dá para mandar a celulite para bem longe com mudanças simples? Descubra 5 passos para acabar de vez com os furinhos indesejáveis. (E não deixe de conferir a dica bônus no final do post!)

********************

Mais lidas: Desabafo de Dermatologista Faz Mulher de 42 Anos Descobrir Botox em Cápsulas Após Ser Humilhada em Mercado

********************

A celulite não é uma condição médica grave, mas pode causar desconforto nas mulheres por causa da aparência que confere à pele. Em alguns casos pode até causar dor local. Impacta na vida social, gera insatisfação e baixa estima. Manifesta-se externamente na pele através dos furinhos indesejados ou a forma de “casca de laranja”.

A boa notícia é que é possível amenizar o aspecto da celulite na pele e até mesmo acabar com ela fazendo apenas algumas mudanças simples no dia a dia.

1 – Entenda o seu tipo de celulite

Existe maneiras mais profissionais de identificar e classificar a celulite, mas existe um jeito mais popular de classificar seus furinhos em casa. Abaixo você conhece os conhecidos 4 graus da celulite:

Grau 1 – Sem ondulações ou irregularidades. Ao comprimir a pele, surgem pequenas ondulações e “furinhos”.
Grau 2 – Ondulações e “furinhos” já são percebidos sem comprimir a pele.
Grau 3 – Nódulos claramente perceptíveis. Pode haver dor local.
Grau 4 – Vários nódulos, celulite “dura”. Inchaço, comprometimento da circulação de retorno, pele com aspecto acolchoado.

2 – Fuja dos alimentos “ruins”

Se você quiser acabar com sua celulite, não adianta nada comer bem no almoço e se esbaldar em alimentos gordurosos, açucarados e cheios de outras coisas que ativam a inflamação das células de gordura. Da mesma forma são as comidas muito salgadas, ricas em sódio, nos fazem reter líquidos.

Mas, calma, nem toda gordura é ruim. Você deve evitar frituras e alimentos ricos em gordura hidrogenada, por exemplo, mas pode e deve consumir boas gorduras, como azeite, abacate, oleoginosas e assim por diante.

3 – Faça exercícios físicos

Malhar pode ser chato no começo, mas depois que você pega o ritmo muda seus hábitos, sua saúde e sua beleza física, tudo para melhor, claro. No caso da celulite, o exercícios físicos ajudam a melhorar a circulação, impedem a retenção de líquidos e tonificam o corpo.

Os melhores, nesse caso, são os que ajudam a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, por exemplo. Além da musculação, outras atividades que ajudam nisso são a corrida, a caminhada, andar de bicicleta e o pilates.

4 – Experimente a drenagem linfática

Se você aliar a boa alimentação, com uma melhor hidratação do corpo e a prática de exercícios com alguns tipos de massagens específicos para ativar a circulação e reduzir as toxinas, os resultados para acabar com a celulite serão potencializados.

A drenagem linfática, por exemplo, é uma ótima opção. Ela tira o acúmulo dos líquidos, quebra a gordura cristalizada e ajuda a emagrecer a a perder medidas. Embora para manter os resultados o tratamento deva ser contínuo, é possível perceber as roupas mais folgadas e o aspecto mais liso da pele a partir da 4 sessão, por exemplo.

5 – Potencialize os resultados com tratamentos estéticos

Para casos mais graves de celulite, existem também os tratamentos estéticos, como a endermologia, manta térmica radiofrequência, mesoterapia, carboxiterapia, ultrassom com lipolíticos (ultrassom estético), gesso liporedutor, criolipólise, subcisão, lipocavitação, ondas acústicas, corrente russa, entre outras.

DICA BÔNUS

As dicas são simples e talvez você já até tenha ouvido elas por aí. O problema, é que exige ou muito esforço ou muito dinheiro. Com nossa vida corrida, muitas destas opções acabam não sendo viáveis.

Minha irmã, Sandra Alvarez de 42 anos que mora em Cabo Frio, tinha um problemão com celulite. Ela conseguiu resolver através de um método muito simples. Ela até saiu numa matéria da Revista Bela que abordou o assunto.

Sugiro que você leia esta matéria. Clique aqui.

Fonte: Revista Bela

Últimos Posts